segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Vox Populi registra crescimento de Dilma. Marina e Aécio estão estagnados.


Dilma amplia vantagem para Marina em nova pesquisa Vox Populi 

para a eleição presidencial. A diferença chegou a 9 pontos. 

Aécio segue estagnado.

dilma aécio marina vox populi
Dilma tem 9 pontos a mais que Marina, diz Vox Populi. Aécio segue estacionado (Imagem: Pragmatismo Político)
O instituto Vox Populi divulgou hoje mais uma pesquisa eleitoral para a corrida presidencial em 2014. De acordo com o levantamento, Dilma Rousseff ampliou para nove pontos a sua vantagem sobre Marina Silva. A atual presidente manteve os mesmos 36% da pesquisa anterior, enquanto Marina aparece com 27% (-1%) e Aécio Neves 15%.
Os votos brancos e nulos seriam 8%, e os eleitores indecisos totalizam 12%.
Os candidatos Luciana Genro (PSOL) e Everaldo Pereira (PSC) marcaram 1% cada um. Os postulantes ao Planalto Eduardo Jorge (PV), Levy Fidelix (PRTB), Zé Maria (PSTU), Eymael (PSDC), Mauro Iasi (PCB) e Rui Costa Pimenta (PCO).

SEGUNDO TURNO

Dilma Rousseff e Marina Silva estão tecnicamente empatadas na simulação de segundo turno. A candidata do PSB tem 42% e a petista 41%. Em outra hipótese, com Dilma Rousseff enfrentando Aécio Neves, a atual presidente vence o candidato tucano por 47% a 36%.

REGIÕES

A candidata Dilma Rousseff (PT) leva vantagem nas regiões Centro-Oeste/Norte, Nordeste e Sul do País. Já Marina Silva (PSB) tem maior intenção de voto na região Sudeste.
No Centro-Oeste/Norte, Dilma tem 35% das intenções de voto, contra 33% de Marina e 16% de Aécio Neves. Os outros candidatos, juntos, tiveram 1% do total. Os brancos e nulos são 4% na região, e os indecisos chegam a 10%.
No Nordeste, Dilma tem 56% das intenções de voto, contra 22% de Marina e 6% de Aécio. Os outros concorrentes têm 1%, os brancos/nulos são 6% e os eleitores indecisos atingem 8%.
No Sul, a presidente aparece com 27% da preferência, seguida por Marina (25%) e Aécio (18%). Os outros candidatos têm 2%, os votos brancos/nulos são 9% e os eleitores indecisos são 18%.
Por fim, no Sudeste, Marina Silva tem 28% da preferência, seguida de perto por Dilma (26%) e Aécio (20%). Os outros concorrentes atingiram 2%, enquanto os votos brancos/nulos são 11% e os indecisos são 13%.

DESEMPENHO

A pesquisa também quis saber dos eleitores entrevistados a avaliação da presidente Dilma Rousseff. Para 38% dos entrevistados, o desempenho de Dilma é “ótimo ou bom”. Outros 39% consideram a presidente “regular”. Por fim, 23% julgam a forma de governar “ruim ou péssima”. Os eleitores que não souberam ou não responderam são 1% do total.
A pesquisa ouviu 2.000 eleitores de 147, entre sábado (13) e domingo (14). O levantamento, que tem margem de erro de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos e nível de confiança de 95%, está registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número BR-00632/2014.
Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

OTIMISTA, AÉCIO DIZ QUE MARINA VAI SE ESFARELAR

sábado, 13 de setembro de 2014

MÉDICOS FAZEM MANIFESTO EM FAVOR DE DILMA

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Dilma tem oito pontos de vantagem no primeiro turno e empata com Marina no segundo

Pesquisa mostra petista com 36% dos votos, contra 28% de Marina e 15% de Aécio Neves.

A nova pesquisa  Vox Populi/CartaCapital mostra uma vantagem de oito pontos percentuais da candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT) sobre a adversária Marina Silva (PSB) no primeiro turno e um cenário de empate técnico no segundo. 

Na intenção de voto estimulada, Dilma aparece com 36%. Marina tem 28% e Aécio Neves, 15%. Este foi o primeiro levantamento da série após a morte de Eduardo Campos e a escolha de Marina Silva para substituí-lo, portanto não há base de comparação. Os demais candidatos somam 2%. Brancos e nulos seriam 7%. Outros 13% não souberam indicar um candidato ou não quiseram responder.

Segundo Turno

O Vox fez duas simulações de segundo turno. Marina Silva obteria 42% dos votos, contra 41% de Dilma Rousseff. Brancos e nulos somariam 10%, enquanto 7% estariam indecisos. Entre Dilma e Aécio, a petista venceria por 44% a 36%, com 12% de brancos e nulos e 8% de indecisos.

Apesar de Marina ainda estar numericamente à frente no segundo turno, 49% do eleitorado aposta na vitória de Dilma Rousseff. Para 31%, a ambientalista será a nova presidenta. Apenas 8% ainda acreditam nas possibilidades de Aécio Neves.

Rejeição
O tucano possui ainda o maior índice de rejeição (45%). Dilma alcança 42% e Marina, 40%.

O levantamento, com duas mil entrevistas em 147 cidades, foi realizado entre a segunda-feira 8 e a terça 9. Mostra, portanto, que o mais recente escândalo na praça, o vazamento de trechos da delação premiada do ex-diretor da Petrobrás Paulo Roberto da Costa, ainda não surtiu efeitos eleitorais. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais e o número de registro na Justiça Eleitoral é BR- 00588/2014.

Mais detalhes sobre a pesquisa na edição 817 de CartaCapital, que chega às bancas na sexta-feira 12.

Fonte: Carta Capital

Cresce rejeição a Marina Silva.


Por que cresce a rejeição do eleitor a Marina Silva? :
Em sua nova análise sobre o quadro eleitoral, a jornalista Tereza Cruvinel, colunista do 247, explica por que Marina Silva parou de crescer e iniciou seu processo de queda nas pesquisas eleitorais: o motivo é a rejeição que decorre de suas próprias contradições.

"Na campanha de Dilma, credita-se este provável aumento da rejeição à explicitação das contradições e dos pontos frágeis da candidatura de Marina, levada a cabo por Dilma nos debates e nos programas eleitorais", diz Tereza Cruvinel, no post "Cresce a rejeição a Marina Silva".  

"As questões que mais teriam pesado para o aumento da rejeição e produzido os primeiros sinais de que Marina parou de crescer e começou a desinflar seriam, segundo pesquisa qualitativa realizada para o PT, seu recuo na questão da união homo-afetiva para atender ao pastor Malafaia, a vinculação a Neca Setúbal, do Banco Itaú, a pouca ênfase no pré-sal e a proposta de Banco Central independente.  Todas estas questões foram bem exploradas por Dilma nos últimos dias."

Leia a íntegra no blog de Tereza Cruvinel.

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Em Minas, Dilma segue na liderança. Aécio e Marina empatam.

Em Minas, Dilma tem 33%; Aécio 25%; 
e Marina 23%, diz Vox Populi.
Dilma cumprimenta Marina em debate pela TV Band, sendo observada por Aécio Neves.

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Fraude contra o INSS: Ministério Público confirma participação efetiva das prefeituras de Capelinha, Águas Vermelhas e Rio Pardo de Minas.


Como o caso envolve muitas prefeituras, promotores dedicaram ação desta sexta à Montes Claros, inclusive com o pedido de bloqueio de bens em no mínimo R$ 30 milhões do ex-prefeito Luiz Tadeu Leite e outros envolvidos.Os promotores Paulo Vinicius de Magalhães Cabreira, Flávio Marcio Pinheiro Lopes e Guilherme Roedel Fernandez Silva, durante entrevista coletiva nesta sexta, em Montes Claros

Os promotores Paulo Vinicius de Magalhães Cabreira, Flávio Marcio Pinheiro Lopes e Guilherme Roedel Fernandez Silva, durante entrevista coletiva nesta sexta, em Montes Claros.
O Ministério Público ofereceu nesta sexta-feira, 5, a sua primeira denúncia sobre a Operação Violência Invisível, que apura fraude de administrações públicas contra o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), tendo como operadora a Digicorp Consultoria e Sistemas Ltda. Como são várias prefeituras envolvidas, as ações dos promotores estão sendo tomadas por partes. Nesta tarde de sexta-feira, o alvo foi Montes Claros, em uma operação liderada pelo ex-prefeito Luiz Tadeu Leite, que está foragido e vem sendo procurado pela Interpol.
No documento apresentado à 2ª Vara Criminal de Montes Claros, os promotores ressaltam que “ao longo das investigações, apesar do intenso intercâmbio de documentos e informações entre os gestores dos municípios vítimas das fraudes – notadamente, Montes Claros, Pirapora e Capelinha –, as provas colhidas revelaram a existência de várias quadrilhas autônomas, cada uma com atividade em um município distinto, e todas elas com a participação efetiva dos gestores municipais e de funcionários da Digicorp Consultoria e Sistemas Ltda”, diz um trecho da denúncia oferecida pelo Ministério Público. No total, o documento tem 48 páginas, e é assinado pelos promotores Paulo Vinicius de Magalhães Cabreira, Flávio Marcio Pinheiro Lopes e Guilherme Roedel Fernandez Silva.
A fraude consistia na compra de precatórios de terceiros, da empresa Digicorp, para serem utilizados para pagar dívidas dos municípios junto ao INSS. Para cada precatório adquirido, o município pagava 75% do valor o título à Digicorp, o que, aparentemente, sugere uma economia de 25% no valor da dívida junto ao INSS. As investigações descobriram que, além dos precatórios serem falsos, é proibido por lei a utilização de títulos de terceiros para pagamento de dívida junto ao INSS.
Em Capelinha, o contrato com a Digicorp para o pagamento de dívidas junto ao INSS foi firmado em novembro de 2011, na gestão de Pedro Vieira, sendo suspenso em janeiro de 2013 pelo recém-empossado Zezinho da Vitalina, que efetuou um pagamento do contrato, antes de decretar seu cancelamento unilateral.
Além de ser alvo de um processo criminal, Capelinha teve um prejuízo avaliado, à época, em R$ 4,1 milhões. Primeiro com o dinheiro pago à Digicorp na compra de precatórios (R$ 2,9 milhões), mais os juros da dívida junto ao INSS (R$ 268 mil), além das multas aplicadas pela Receita (R$ 907 mil). Para completar, o débito com a Previdência Social permaneceu. A Operação Violência Invisível foi deflagrada pela Polícia Federal no dia 2 de julho de 2013. Policiais federais estiveram em Capelinha e apreenderam computadores e documentos.  ********
Promotores pedem bloqueio de R$ 30 milhões de Luiz Tadeu Leite

Em Montes Claros, a fraude lesou o município em R$ 8,6 milhões. O ex-prefeito Luiz Tadeu Leite é o principal acusado pelo esquema. O caso teve ainda um agravante porque o então chefe do Executivo chegou a apresentar provas falsas de que o contrato da Prefeitura de Montes Claros com a Digicorp estava regular. “Diversos documentos falsos (...) foram apresentados pelo município de Montes Claros, através do ex-prefeito Luiz Tadeu Leite, à autarquia federal, que tinham por objetivo justificar as compensações fraudulentas no valor de R$8.664.478,75”, diz trecho da denúncia do Ministério Público. Entre as acusações estão os crimes de fraude em licitações, peculato, lavagem de dinheiro, além de formação de quadrilha. Tadeu Leite está foragido e sendo procurado pela Interpol.


Em sua denúncia, o Ministério Público requer a perda do produto do crime e de todos os bens e valores auferidos com recursos provenientes da prática criminosa, a perda de eventuais cargos ou funções públicas que ocupem, que seja fixado o valor mínimo para reparação dos danos causados ao erário e à sociedade, inclusive no que se refere ao dano moral, tomando-se por base os fatos, números e valores que figuram na denúncia, o qual não poderá ser inferior a R$ 30 milhões, considerando-se inclusive as multas e sanções pecuniárias.

**********************************

PRISÕES

O Ministério Público encaminhou junto à denúncia o pedido de prisão dos envolvidos que responderam por 25 crimes de peculato, formação de quadrilha e fraudes em licitações. A decisão se os envolvidos serão presos ou não está a cargo da Justiça. 


Foram denunciados pelo Ministério Público:

1 - MATEUS ROBERTE CARIAS, da Digicorp

2 – ROSILENE TRINDADE RODRIGUES CARIAS, da Digicorp

3 - MARCOS VINÍCIUS DA SILVA, VULGO MARQUINHOS, da Digicorp

4 – ADEMILSON EMÍDIO DE ABREU, da Digicorp

5 - LUIZ TADEU LEITE, ex-prefeito de Montes Claros

6 – SEBASTIÃO JOSÉ VIEIRA FILHO, procurador do município de Montes Claros

7 - NOÉLIO FRANCISCO DE OLIVEIRA, presidente da Comissão de Licitações da Prefeitura de Montes Claros

8 – ELIAS SIUF, jornalista de Montes Claros, Secretário da Fazenda de Montes Claros

Municípios onde a fraude é apurada

- Pirapora

- Janaúba

- Montes Claros

- Rio Pardo de Minas


- Capelinha

- Várzea da Palma

- Águas Vermelhas

- Varzelândia

- Itambacuri

- Ipatinga

- Caratinga

- e também o Consórcio Intermunicipal de Saúde Norte

Fonte: Por Regiane Marques Sampaio, com Gissele Niza,no Portal de Capelinha.